Novo

#GRUPERTNOSAGA: PRIMEIRO DIA DO SAGA 2017 E SEUS DESTAQUES

Pela primeira vez com três dias, o evento aposta na diversidade de referências da Cultura Pop e Nerd


Por Ana Flávia Sanção, Clércio Rodrigues, Douglas Lucena, Leonardo Figueiredo e Thayane Guimarães 

Há 12 anos o SAGA começou como uma reunião de amigos para curtir e compartilhar seus gostos por cultura pop japonesa. Hoje, uma referência de evento para os fãs de animes, séries, filmes, tecnologia e games, o SAGA Entretenimento 2017 engloba as mais diversas modalidades de cultura pop e geek mundiais em solo potiguar.

Pela primeira vez com uma programação de três dias no Centro de Convenções de Natal, o evento contou com a sexta-feira como um dia para se organizar e se preparar para o final de semana, quando o SAGA recebe um volume de público bem maior. "Esse ano é a primeira vez que expandimos o evento para a sexta-feira, e com isso novos desafios surgiram junto a um novo formato de trabalho. É um dia mais barato, com um número menor de pessoas e de atrações, mas nos serve como experimento para os próximos dias" afirmou Vitor Cavalcante, idealizador e produtor do evento.

De toda a programação movimentada e recheada de atrações, apresentações e estantes do dia de hoje, o Caderno de Pauta separou alguns destaques para quem não pode ir conferir de perto a feira.


GAMES 



Na primeira parte do maior evento de cultura pop do estado, os vários espaços dedicados à cultura gamer chamaram a atenção. Entre mesas de TCG (Trading Card Game), estandes com jogos independentes e torneios de e-Sports, não faltaram opções. Apesar de tudo, algumas atividades foram afetadas por problemas técnicos. Esse foi o caso das primeiras partidas do campeonato de League of Legends, que só começaram após duas horas de atraso.

Além do público espectador, a equipe Freak Gaming foi uma das principais afetadas pelo inconveniente. O time, que faz parte da primeira divisão da Liga Norte Riograndense de LoL, passou pela primeira etapa do torneio SAGA 2017 e agora segue para a semifinal, onde enfrentará os players do ABC Stars Black. “Atualmente, o ABC é o melhor time do estado. Estamos muito felizes com a possibilidade de enfrentá-los” disse Bruno “Benroni”, mid laner da Freak. O confronto acontece no domingo, terceiro e último dia do evento, a partir das 15h.

Outro ambiente que chamou a atenção de quem visitou a feira, foi o PONG SPACE. O estande reuniu seis iniciativas potiguares independentes: Epiphany, Resonance, Play Natal, Rail Gunner, Beer Shooter e Híbrido Retro. Além de testar cada um dos projetos, os visitantes tiraram dúvidas com os criadores e participaram de palestras sobre o cenário local de desenvolvimento de jogos. De acordo com Tiago Fernandes, organizador do grupo, “Apresentar nossos projetos em um evento como o SAGA fortalece a indústria de games local e pode nos ajudar a chegar mais longe. Um dos nossos objetivos atualmente, é mostrar o trabalho potiguar em nível nacional, em feiras como a Brasil Game Show”.


COSPLAYS 

Judson Allison. Goku - Dragon Ball.
O que não pode - e certamente não se deve - ignorar ao andar pelos corredores do Saga é a enorme quantidade de Cosplayers que circulam, alguns posando para fotografias e outros recebendo o carinho dos fãs de animes e filmes. No entanto, a história por trás da vestimenta é ainda mais extraordinária, uma vez que envolve o esforço de pessoas que encaram essa prática como hobbie, arte e até mesmo profissão. Os Cosplayers do Saga são, de fato, os astros da festa.



K-POP STAGE 


O Kpop Stage foi uma das principais atrações do primeiro dia. Lotado, o palco foi cenário de coreografias apresentadas pelos fãs das bandas sul-coreanas.  Diversos grupos de dança marcaram presença, assim como dançarinos solos. Uma equipe tomava conta do som e da reprodução do vídeo no telão para quem queria dançar sua música favorita acompanhando a coreografia. À noite aconteceu a primeira parte das competições de dança Kpop, com seis das doze apresentações solo.

Desde 2013 que o SAGA propõe o Kpop Stage. Com a cultura coreana se difundindo rapidamente nesses últimos anos, a “Onda Coreana” traz cada vez mais fãs e curiosos para o evento. Ela é também um dos principais produtos vendidos pelos lojistas.


T3ddy 


Lucas Olioti, o T3ddy, é um dos Youtubers mais influentes atualmente no Brasil. Somando mais de 600 milhões de visualizações, começou seu canal produzindo conteúdo sobre o jogo Minecraft, e hoje continua gameplays de jogos em geral, mas também aposta em Vlogs e vídeos de humor. Ele junta alguns assuntos atuais, itens de cultura pop variados (livros, filmes, jogos) e transforma em piada.

No SAGA, o T3ddy tirou fotos com fãs e respondeu perguntas da multidão que se formou para ver seu ídolo mais de perto. Ele define seus fãs com a palavra “Gratidão", e diz que nada poderia ter sido alcançado sem o apoio dos seus seguidores. “Ser considerado um dos mais influentes do país é de uma responsabilidade grande, e assim, espero estar fazendo o melhor para responder a isso. Sem eles, nada seria possível”. 

Apesar de ter vindo outras vezes a Natal, afirma que até então não teve a oportunidade de conhecer melhor a cidade. “Gosto desse visual de Dunas e areias. Natal é uma cidade muito bonita, e sempre que venho não fico por mais de um dia. Quero voltar e conhecer tudo melhor”. Questionado se pretende trazer seu Show para a capital potiguar, ele é categórico “Penso em levar o show para o Brasil inteiro, e Natal está nos planos”.

O evento teve alguns problemas com a logística de bilheterias e credenciais, devido a uma falha com o gerador que afetou parte do sistema elétrico da feira, atrasando a entrada dos visitantes no local, bem como com o fornecimento de alimentação na área interna do Centro de Convenções, que se deu em função do não cumprimento de uma parceria firmada entre a organização do SAGA e empresas do ramo de lanchonetes.

Como qualquer dia de testes, essa sexta-feira pode ser considerada um sucesso. Com o público animado, nada foi capaz de apagar o brilho da alegria de cada visitante ao se identificar com um tema proposto pelo evento.

Nenhum comentário