Novo

1ª Semana de Jornalismo: um marco para a UFRN

por Letícia Araújo, Letícia Medeiros e Vinicius Veloso

Nesta segunda-feira (8), foi dado início à I Semana de Jornalismo da UFRN, evento realizado pelo Departamento de Comunicação e organizado pela vice coordenadora do curso, Socorro Veloso. Com o tema “Novos Formatos, Novas Linguagens”. A programação é voltada para as perspectivas e desafios do Jornalismo no contexto das novas tecnologias e crise do mercado.


A semana já começa sendo histórica, um verdadeiro marco para o Jornalismo da UFRN. A partir do período letivo 2017.1, o curso tornou-se autônomo e tem grade própria, não mais uma habilitação de Comunicação Social. Esse sentimento de mudança é condizente com a proposta do evento, promovendo debate e a construção de conhecimentos coletivos em um ambiente de transformação e agregação de valor.

A participação dos alunos se dá em duas dimensões: tanto na presença quanto na organização do acontecimento. “Os estudantes devem ser protagonistas da Semana. Ela está sendo feita por nós e para nós. O evento é voltado para toda a comunidade externa e interna, mas o público alvo, por excelência, são os estudantes de Jornalismo da UFRN”, explica Socorro.

Evandro Ferreira, aluno de graduação do terceiro período, é uma figura importante nos bastidores da organização. Acredita que esses dias serão muito elucidativos para todos, em especial à quem está envolvido na organização. “É uma troca de experiências muito grande em diversos níveis, uma soma de diferentes esforços e saberes. Nós, alunos, não temos muita bagagem, porém temos a força e a vontade de fazer bem feito. Pode acontecer de errarmos no meio do caminho, mas vão ser erros na tentativa de acertar”.

O evento terá uma conferência principal sobre as práticas jornalísticas no cenário da comunicação em rede, e contará com a presença do jornalista Leandro Fortes (Agência Cobra Criada, Brasília). Além do mais, serão ministradas 13 oficinas, três minicursos e seis mesas redondas. A agenda é plural e extensa, explorando várias vertentes da área como fotojornalismo, videorreportagem, jornalismo de dados, entre outros.

“É importante enfatizar que essa programação só pôde ser fechada por meio de uma rede de apoio incrível composta por professores, funcionários, alunos e ex-alunos do Departamento de Comunicação, CCHLA e diversos setores”, ressalta Socorro Veloso.

O jornalismo é uma área em constante mudança. Agora mais do que nunca, na era digital, passa por transformações intensas e precisa se adaptar. Nesse sentido, insere-se a 1ª Semana de Jornalismo da UFRN, iniciativa que busca apresentar novas perspectivas para os estudantes de comunicação.

Nenhum comentário