Novo

UFRN recebe equipamentos de alta precisão do Projeto Hope



Materiais serão utilizados, no Departamento de Enfermagem, ainda nesse semestre.
Por Leandro Lima 
Foto: Leandro Lima.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em breve, passará a contar com insumos de alta tecnologia, que auxiliarão nas práticas de ensino, pesquisa e extensão da comunidade acadêmica do Departamento de Enfermagem. O material, fruto de doação do projeto Hope, ajudará não só a compreender, em detalhes, os mecanismos e arranjos anatômicos e fisiológicos do corpo humano, como também permitirá a integração da teoria acadêmica a práticas interativas por meio de simulações de situações reais.
O Laboratório de Habilidades, situado no Campus Central da UFRN, passará a contar com simuladores de exames de Papanicolau e de um braço para cateterização venosa e treinamento de medicação, modelos de exame de mama e palpação do abdome gravídico para manobras de Leopold, com os quais professores e alunos poderão explorar e aprimorar seus estudos no campo da saúde e da enfermagem.
Foto: Leandro Lima.
A parceria, iniciada na década de 70, entre instituições natalenses – como o Hospital das Clínicas, Varela Santiago, UFRN – e o projeto Hope foi o fio condutor para a escolha da Escola de Enfermagem da UFRN como instituição beneficiada pelo projeto. Segundo a professora Hylarina Montenegro Diniz Silva, chefe do DENF, o Hope trouxe uma grande contribuição para a formação dos profissionais da área da saúde e da enfermagem de Natal, principalmente para os primeiros alunos de graduação do curso de Enfermagem da UFRN, em 1973.
Na época, o navio-hospital Hope atracou, durante 10 meses, em Natal, trazendo um moderno modelo de saúde, sete toneladas de medicamentos e um grande número de publicações médicas, as quais contribuíram para o abastecimento do acervo das bibliotecas das Escolas de Odontologia, Medicina e Enfermagem da Universidade. “O projeto vem fomentar o espaço de aprendizagem que já existe, trazendo outros materiais que serão importantes para a formação dos profissionais”, disse Hylaria.
Foto: Leandro Lima.
Além da UFRN, a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) também receberá materiais de apoio para suprir a demanda de equipamentos e contribuir com os estudos de pesquisadores na área. Theresa Obrien de Brito, representante do Hope, disse que o projeto, apesar de não mais atuar no modelo da década de 70, continua com a missão de auxiliar as instituições e escolas nas quais o Hope atuou. “O intuito é de contribuir com o desenvolvimento e aprimoramento dos estudos”, afirmou.
O Departamento de Enfermagem aguarda o processo de tombamento, por meio do qual os materiais tornam-se patrimônio da UFRN e, posteriormente, poderão ser utilizados pela comunidade acadêmica que aguarda, com bastante expectativa, o início das atividades envolvendo os novos materiais.  

Um comentário: