Novo

História



O Grupert foi elaborado em 2015, pelo professor de Comunicação Social e jornalista aposentado, com mais de 40 anos de profissão, Emanoel Barreto. Sempre defensor da prática aliada à teoria como principais formadoras, buscava incitar nos alunos do seu curso a produção de conteúdo de qualidade, e assim decidiu formar um grupo de extensão para passar sua experiência como jornalista aos estudantes.
Em um primeiro momento, o grupo foi aberto apenas para veteranos da área de Comunicação, e o vazio inicial por falta de membros muito tempo impediu o começo das atividades do projeto. Foi quando o professor Barreto notou o interesse e avidez dos calouros por enriquecimento prático dentro do curso. Muitas das oportunidades disponibilizadas no âmbito acadêmico-profissional exigem que o estudante tenha alguma experiência, e que já esteja em avançados períodos da graduação. O encantamento primeiro com que se entra nos cursos de Comunicação Social logo se desfaz, e uma frustação por não progredir assola os estudantes, fazendo com que até mesmo desistam da graduação.
A empolgação por produzir, aprender, evoluir, agregar conhecimentos e experiências dos calouros chamou atenção. E assim, estava formada a primeira equipe do Grupert, em meados de Abril de 2015. Com cerca de quinze membros, as atividades foram iniciadas com oficinas e aulas sobre os gêneros jornalísticos, para seguir com as primeiras produções de perfis e reportagens no recém-criado blog Caderno de Pauta. No segundo semestre, entre entradas e saídas de membros, o Grupert retoma seu trabalho, desenvolvendo em Outubro o jornal acadêmico Caderno de Pauta, o qual tem sua primeira datação no dia 11 de Novembro 2015, trazendo para o meio físico de circulação as produções e materiais do projeto.
O ano passa e, por motivos de cunho pessoal, o professor Emanoel se afastou das suas ocupações acadêmicas, aposentando-se. O projeto estava fadado ao cancelamento, quando os membros, ainda muito ligados e interessados em manter o trabalho, partem na busca de um novo orientador.
Eis que o ano de 2016 começa, e o professor Sebastião Guilherme Albano se interessa pelo Grupert, decidindo reativar as funções vitais do projeto. Uma nova equipe se organiza, novos calouros se juntam à mão de obra anterior, e um novo tempo se inicia dentro do nosso Grupert. Atualizações, complementações, mudanças, tudo é operado pelos membros, que tornam o projeto independente de figuras representativas, operando com base no trabalho em equipe, cooperação e colaboração.

O Grupert é a história da área da comunicação. Está em processo e andamento. Está ocorrendo agora, se desenvolvendo nesse instante. O seu surgimento e história pregressa é exemplo da enorme diferença que determinação e proatividade dos componentes fazem quando se trata de projetos e objetivos em prol de um bem maior. Além de enriquecimento pessoal dos membros, o Grupert visa preservar valores da Comunicação Social, formando profissionais éticos e que entendam a real função de um comunicador dentro da sua comunidade.


Nenhum comentário